[FILME] O Preço do Amanhã (“In Time”, 2011)

Diretor: Andrew Niccol
Elenco: Amanda Seyfried, Justin Timberlake, Olivia Wilde, Matt Bomer, Cillian Murphy, entre outros
Gênero: Drama – Ficção Científica

Imagine que você tem todo o tempo da vida até seus 25 anos e, depois disso, você somente terá um dia de vida. A moeda que você utiliza agora é o tempo e, para viver um dia a mais, você precisar conseguir uma forma de “comprar tempo”. Por exemplo: Uma passagem de ônibus não custaria R$3,00, mas sim 3 minutos. Dinheiro fora extinto: Quem tem muito tempo é considerado rico e quem tem pouco… Precisa correr para sobreviver. Como saber quanto tempo se tem? É só olha para seu braço pois lá está um marcador digital marcando milésimo a milésimo de seu tempo. Quem tem muito tempo mora numa cidade afastada do restante, cercada de luxos e mordomias. Quem pouco tem, pouco tem. É preciso correr contra o tempo pra fazer valer “o preço do amanhã”.

O Preço do Amanhã

O Preço do Amanhã

A história começa quando o operário Will Salas (Timberlake) salva um milionário (Bomer) da morte e este lhe concede todo seu tempo (Equivalente a um centenário), encerrando com a própria vida por já ter vivido mais de 100 anos. Na história, o aspecto físico que você terá até o fim da vida será o de quando se completara 25 anos. Com tempo de sobra, Will decide aproveitar a vida sem pressa na cidade dos todos poderosos. Lá conhece a arisca burguesa Sylvia Weis (Seyfried), trazendo consigo para uma aventura onde desvendarão formas de gastar melhor seu tempo e o dos outros.

"O Preço do Amanhã"

O Preço do Amanhã

É impossível não sair do cinema reflexivo: Será que gasto meu tempo da melhor forma? Minhas atividades compensam o tempo que gasto nelas? Eu realmente vivo um dia após o outro? Com certeza, Andrew Niccol quis causar este impacto no público e pela repercussão, conseguiu. A analogia entre tempo e valores financeiros é incrivelmente bem amarrado e, apesar do filme ter uma linguagem visual futurística, você consegue interpretá-lo FACILMENTE para os dias atuais. Desde o desejo de ser jovem para sempre no auge do perfil estético até a “vida eterna” daqueles que são podres de rico. O diretor do também recomendado “Senhor das Armas” acerta a mão em cheio nesta ficção cheia de figurões, onde a história em si segura um bom filme com interpretações facilmente esquecíveis.

Não era um passo de dança.

Timberlake: Não era um passo de dança.

O faz-tudo número 1 do showbiz Justin Timberlake até surpreende por andar sem dançar durante todo o filme! Haha, brincadeira. Mas a real é que se torna visível o quão sua interpretação melhorou de Alpha Dog pra cá. Não entendi o que foi o personagem da Amanda Seyfried: Alguém falou que ela era um andróide e ela incorporou isso durante o filme todo (E esse alguém mentiu LE-GAL!)… Vale destacar as participações de estrelas de seriados como Olivia Wilde (“House“), Matt Bomer (“White Collar“) e Johnny Galecki (“The Big Bang Theory“), incorporando personagens de extrema importância para o andamento da história.

Abaixo você confere o trailer de “O Preço do Amanhã“:

Particularmente, por causa da linguagem visual do tempo, lembrei durante todo filme do clipe musical “Savin Me“, do Nickelback, que você confere na sequência e pode comprovar que não viajei (Tanto assim):

E você, o que achou deste filme?

Anúncios

Um comentário em “[FILME] O Preço do Amanhã (“In Time”, 2011)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s