[MÚSICA] “Break The Spell” – Daughtry

É chegada a hora de “quebrar o feitiço” do hiatus e fazer barulho: O Daughtry está de volta!

A banda do ex-participante do reality show “American Idol” retorna com álbum de inéditas e a missão de emplacar mais um CD nos charts norte americanos. Lançado no segundo semestre de 2011, “Break The Spell” chegou as prateleiras com uma campanha publicitária pouco apelativa e dois singles na manga. A seguir, vai um release faixa-a-faixa deste álbum que vale a pena ser ouvido:

01 :: Renegade

A faixa que abre o disco é também uma das mais pesadas do álbum e a primeira a “vazar” antes do lançamento do mesmo. É boa pra ouvir naquela hora que você bate no peito e diz “SÔ FÓDA!”! Hahahahahaha! Brincadeiras a parte, Chris Daughtry avisa no refrão:  “Get ready to run“!

02 :: Crawling Back To You

O primeiro single do álbum é também uma das melhores deste trabalho. Com uma pegada bem específica da banda, a música conseguiu figurar no Top10 da Billboard logo após o lançamento do CD, mas não durou muito tempo por lá. Voltando atenções para o clipe, creio que a música foi injustiçada: A concepção de video usada foi de fazer algo simples com uns efeitos de câmera bem ruins. Ouvindo e entendendo a letra, você sabe que dá pra sair uma história legal no video. Não precisa fazer um video “a lá Nickelback“, mas também não tem que avacalhar né… Veja abaixo e me diz se concorda comigo:

03 :: Outta My Head

A banda vem com uma batida chiclete e faz uma música que, de fato, “você não consegue tirar da cabeça”. É uma das músicas animadas do CD, mas poderia muito bem não ter entrado na tracklist final.

04 :: Start Of Something Good

Neste trabalho, a banda traz letras mais positivistas que nos dois últimos trabalhos (“Daughtry” de 2006 e “Leave This Town” de 2009). Instrumentalmente falando manteve-se o nível, mas dá pra sentir uma grande diferença nas histórias de cada música. Este é um exemplo: Aqui ouço a história de alguém que passou por um relacionamento marcante (No pior sentido) e se sente a cada dia mais confiante pra começar um novo porque essa nova pessoa inspira “o começo de algo legal”. Boa história, boa música.

05 :: Crazy

Antes do lançamento do CD, com o vazamento da tracklist, somei o título desta com o boato de que teria um cover entre as faixas e na hora gelei porque só me veio um nome a cabeça: Aerosmith. Não me entenda mal: Gosto da banda (Já fui a 3 shows dos caras) e essa música deles é um clássico. Gelei porque em clássicos não se mexem. Graças a Deus, eu não podia estar mais errado: “Crazy” é mais uma inédita que fica entre a agitação e a balada.

06 :: Break The Spell

A canção que dá título ao álbum é uma batida que vale a pena ressaltar: Dá um baita clipe! A letra simples justifica alguém que ficou “encantado” e não consegue se ver livre, a que a “maldição” corre por entre as veias e no fim das contas, leva o cara pra porta daquela mulher. Se quiser que eu dirija a bagaça, cobro preço honesto. Hahahaahaha!

07 :: We’re Not Gonna Fall

Aqui temos aquele tipo de canção que uma audição é o suficiente pra decorarmos o refrão e cantar sem perceber até o fim do dia. Nesta, a banda canta que um novo para os casais que se sentem fortalecidos pelo fato de existir o segundo.

08 :: Gone Too Soon

Apesar de ser um som legal e um pouco diferente de como a banda costuma soar, deixaria de fora de “Break The Spell” antes de entender a letra. A história aqui retratada é uma com a qual todos já tivemos que lidar algum dia de nossas vidas: Perder alguém que faça a diferença. Se encarar o “perder” com o rompimento de um relacionamento, você não poderia estar mais errado: Aqui o perder é o de alguém que já morreu e, como conta o refrão “Not a day goes by that i don’t think of you / I’m always asking why this crazy world had to lose / Such a ray of light we never knew / Gone too soon“. Recomendável pra hora que a saudade bater e ninguém parece entender.

09 :: Losing My Mind

Uma das melhores músicas do álbum é também minha aposta para próximo single! Logo de cara (Junto com a próxima), gostei dessa canção. A batida é bem original e a letra é redonda, direta. Canta-se sobre como você fica “doidão” logo após acabar de conhecer alguém que mexeu com você. Manja “paixonite”? Pois é!

10 :: Rescue Me

Uma das minhas preferidas não só deste álbum, mas também de toda a carreira da banda, “Rescue Me” é o som que pode iconizar o Daughtry e trazer a carreira deles a um novo patamar. A letra é impecável, o instrumental é animal (Guitarra representa demais!) e a banda é foda. FAÇO ESSE CLIPE TAMBÉM, RAPAZIADA!

11 :: Louder Than Ever

Heard that song on the radio, / And it got my gears turnin’ / Like a real life time machine” e por aí vai…! De pegada semelhante a “Renegade”, esta canção foi tema das chamadas de esportes radicais pelo canal esportivo ESPN. Por aí você tira uma base da sonzeira que é!

12 :: Spaceship

Esta canção originou a identidade visual do novo CD e dificilmente não será lançada como single. É uma canção de potencial e possibilita a mente viajar LEGAL no conceito-clipe, já que a história mistura o famoso “por onde andará você?” com espaçonaves e vida em Marte. A criatividade fechou o CD.

OBS: Na versão deluxe, entram as canções “Who’s They“, “Maybe We’re Already Gone“,  “Everything But Me” e “Lullaby“. Boas músicas, mas não funcionam bem como bônus.

Longe de ser o melhor da carreira (In memorianLeave This Town“), Daughtry trouxe inéditas de qualidade difícil de se ouvir atualmente. Por fim, “Break The Spell” é um CD imprescindível na coleção de qualquer fã de rock despretencioso.

Anúncios

Um comentário em “[MÚSICA] “Break The Spell” – Daughtry

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s