[SERIES] NASHVILLE: 1×01 – “Pilot”

Duas cantoras country em confronto na cidade berço do estilo musical. O show conta a história da veterana Rayna Jaymes (Connie Britton, protagonista da 1 temporada de “American Horror Story” – Aqui, pense em Faith Hill ou Reba McIntire) que tem mais de 20 anos de careira e se vê numa sinuca de bico: Devido a baixa vendagem de seu último álbum e a shows em suma com metade da metade de público pagante, sua gravadora propõe que ela saia em turnê com a sensação country da atualidade, Juliette Barns (Hayden Panettiere, a eterna cheerleader do seriado “Heroes” – Aqui, pense numa Taylor Swift ou Miranda Lambert em início de carreira). A jovem e dissimulada cantora, livre de escrúpulos para chegar onde quer, passa por cima de quem for para chegar a seu objetivo e esconde as sete chaves de todos que tem uma mãe usuária de drogas, a qual liga incessantemente para a loirinha pedindo dinheiro. O primeiro encontro das duas protagonistas é um desastre pela atitude pouco humilde de Barns em evitar até onde deu de cumprimentar Jaymes. A situação não melhora quando a segunda vai a casa do produtor de seu álbum criticar as músicas e a performance da novata e a mesma está na cama do cara ouvindo cada palavra. Nesse meio tempo, existe o pai magnata de Rayna que pretende manipular a vida da filha oferecendo a seu marido uma vaga para concorrer a prefeito da cidade e isso, de fato, mexe com as estruturas do casal. Ao fim do episódio, a estrela country encontra-se com os diretores de sua gravadora para garantir que nunca existiu uma chance, mesmo que remota, dela se apresentar com a vilã do seriado e sai like a boss! A cena final é a de Jaymes subindo a bancada de candidatura do marido momentos após ouvir através de um monstro da indústria musical aquela que, possivelmente, será a música que a colocará nos holofotes de novo.

A audiência de estréia foi aquém das expectativas e as críticas veneraram um dos principais lançamentos da ABC para a Fall Season. As atuações foram muito boas devido ao elenco afiado mas o excesso de músicas espalhadas sem sentido pelo episódio tornou um pouco cansativo assistir do início ao fim.

Nashville” é um seriado que trata sobre a renovação, a substituição pelo novo (E não necessariamente melhor). Dada a promo, as sneek peeks e a sinopse geral do show, criei grandes expectativas sobre esse lançamento e não poderia estar mais desapontado. O seriado não é ruim, mas é MUITO fraco. Pra se lançar num oceano onde SMASH e Glee dão braçadas olímpicas, “Nashville” deu a impressão de boiar durantes seus quase 45 minutos. Posso estar sendo muito crítico já que tudo o que tenho pra julgar é o episódio piloto, mas verei com o correr dos episódios se reafirmo minha posição ou assumo que este foi um daqueles momentos de insanidade. No todo, ficou abaixo de minhas expectativas… E olha que eu gosto de country. Confira abaixo uma promo do segundo episódio:

Anúncios

3 comentários em “[SERIES] NASHVILLE: 1×01 – “Pilot”

  1. Oh, my! Também estava com as expectativas ALTÍSSIMAS pra esse seriado. De qualquer jeito, vou assistir (quando sair no site que gosto de baixar, LOL) e posto a crítica…

    P.S. – ADOREI você dizer que SMASH dá braçadas olímpicas. Finalmente alguém concorda comigo que o seriado é incrível *-*

    Curtir

    • SMASH é um seriado que se compara com Glee até a parte dos musicais. Os dramas são adultos e os personagens foram feitos pra dar certo. Cada episódio, por “pior” que fosse, foi bom de assistir.
      Espero que sobreviva até uma terceira temporada mesmo porque, depois disso, a história deve se perder.

      Curtir

      • Concordo 100% com você. Por mais que seja tudo muito bom, a história principal (a produção de Bombshell) não é uma história pra durar muito mais do que três temporadas. A não ser que mudem algo na série, que não consigo nem imaginar o que seria.

        Essa coisa dos dramas adultos e das personagens foi exatamente o que eu disse para o meu melhor amigo (que é obcecado com Glee) para convencê-lo a assistir. Disse pra ele que era um ‘Glee de adulto’. Ele aceitou e agora está apaixonado por SMASH. LOL.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s