[SERIES] GREY’S ANATOMY :: 9×11/12 – “The End is the Beginning is the End” e “Walking on a Dream”

Grey's Anatomy

Novos milionários devem trabalhar?

Estes dois episódios são responsáveis por uma nova guinada na história da série. Após o tribunal encerrar o caso do acidente a favor dos médicos a bordo do avião e determinar que cada um receberá 15 milhões de dólares por danos sofridos, o quarteto comemora a decisão até descobrir que nem tudo é alegria: A seguradora se livrou da dívida e passou-a por completa para as costas do hospital. Numa reunião de urgência, Owen se vê encurralado e decide que limitará algumas funções e será obrigado a demitir alguns funcionários para que o hospital não feche as portas. É a maior crise financeira que o público já assistiu o SGH passar e isso causa receio uma vez que, se o seriado gira em torno do hospital e o hospital está pra fechar as portas, esta tem tudo pra ser a última temporada DE FATO do show. A medida mais drástica (Até aqui) tomada pela diretoria é a de fechar o Pronto-Socorro, o que já causa mal estar geral entre os personagens e o público. Os grandes casos do seriado vem de lá! É esperar pra ver.

A Meredith cresceu nesses episódios e a gravidez da personagem tem sido um bom plot pra destacar até mesmo o lado cômico da Ellen Pompeo. Sempre ressaltei que ela era muito “coadjuvante” pra alguém que leva o seriado nas costas. A mudança extrema de humor devido aos hormônios foi uma boa sacada, destacando até mesmo a história do interno Ross. Ela aparecer nos 45 do segundo tempo para subir no jatinho foi um dos pontos altos do episódio. O seriado fala sobre superação e essa cena evidenciou isso.

Outra cena que exemplificou esse sentimento num sentido mais leve da coisa foi a partida de ping-pong entre o Sheppard e o interno Ross (Dos novos, o cara tem ganho maior destaque), que iniciou como uma premissa para o neurocirurgião treinar o pulso e terminou como um acirrado jogo moldado a indiretas e intimidações por parte do interno sem noção. Por fim, Derick vai para a Sala de Operações e opera um paciente, concluindo que sua capacidade é ainda maior que o medo de ser incapaz. Superação é a palavra de ordem em “Grey’s Anatomy”.

Após a morte da esposa Adele, Richard volta a ser sondado pela Catherine e dá um passa-fora na piriguete da arca de Noé. Não satisfeita, ela chega no hospital e encurrala o tiozinho. Não sei vocês, mas depois que você perde alguém que dividiu a vida por mais de 40 anos leva um tempo pra aprender a caminhar sozinho de novo… Passou um fim de semana que a véia tava debaixo da terra e outra já tava moscando em cima do Webber… Porra né Shonda! Assim o tiozinho não guenta… Puxa a rédea da piriguete até o cara se ligar que tá viúvo e “fornicar” a vontade. Esse papo de “tô aqui pra segurar sua mão” não colou (A menos que ela tenha confundido o membro… Aí a tia foi direta).

APANHADÃO GERAL: O Karev aceitou que a melhor interna do hospital morasse em sua casa e não traçou a médica, causando assim a decepção do Sloan que observa tudo do céu (?); Enquanto isso, Avery dá uns catas NERVOSOS na interna Beyoncé (Eu não sei o nome dela, vai Beyoncé mesmo) e avisa pra April pra que ela não descubra por terceiros no  hospital. Otária que só, ela chora, deve ter passado umas noites pedindo perdão a Deus por ter liberado pro cara e não se liga que um plantonista tá arrastando mó asa pra ela no Pronto-Socorro… April, volta pra fazenda; Christina decide que, de fato, deseja reatar o casamento com Owen e recebe mó beijão do Chefe do Hospital. Essa história não tem fim e só terá quando eles terminarem de vez já que eles quer filhos e e ela não (Vale lembrar do aborto); A Arizona bancou a muito louca sentindo dores na perna amputada. Falo isso brincando mas entendo que existem pessoas sentem falta do membro após perder e essa angústia e depressão apresentada pela médica é natural após o trauma acumulado com o passar dos dias ao acidente. O melhor da vida da pediatra é a Callie, sem dúvida alguma! Aliás, os melhores textos, sacadas e até olhares vexaminosos são os da ortopedista. Se alguns anos atrás meu personagem atrás era a Yang, hoje ela é facilmente superada pela interpretação da Sara Ramirez com sua Callieope Torres (Orgulho meu e do O’malley).

São novas arestas a serem aparadas nessa temporada que, episódio a episódio, se afasta do season finale e toma identidade própria. Confira abaixo a promo do 13○ episódio de Grey’s Anatomy:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s