[SERIES] DOWNTON ABBEY :: 4×01 – “Episode 1”

“Luto: s.m. Profundo pesar causado pela morte de alguém”. No nosso caso,  de alguém que não existe.
Após mais de seis meses do término da terceira temporada, Downton Abbey retorna para um novo ano que “redefinirá tudo”, segundo o criador e seus roteiristas. O episódio começa 6 meses após os ocorridos no series finale (Ou seja, a morte do Matthew) e, como não poderia deixar de ser, o clima não é lá dos melhores na mansão. A Mary segue em luto extremo, recusando-se a reagir a morte do companheiro e isolando o filho George aos cuidados de uma babá mal intencionada (Esta desmascarada e despedida logo em seguida por Lady Grantham, numa das cenas mais badass da personagem até hoje). Grande destaque para as atuações de Tom e Carson no “retorno da viúva a realidade”. O papo inicial de Mary com o mordomo foi difícil de digerir, mas a redenção da viúva de Matthew ao fim do episódio já entrou num dos momentos mais marcantes da série.
Seu pai, Lorde Grantham, ordena que empregados e moradores de Downton deixem a filha em paz para que passe pelo processo de cura sentimental da melhor maneira possível, deixando-a alheia aos acontecimentos administrativos anteriormente liderados pelo ex-marido. Falando nisso, vale comentar que o fato do poder voltar as mãos do Lorde trouxe novamente a tona sua personalidade possessiva e, dado a promo do segundo episódio (Você poderá assisti-la ao fim da resenha), ele terá problemas por causa disso. Para ser mais direto, a impressão que o patriarca de Downton Abbey passa a audiência é que pretende continuar comandando a mansão até o filho de Mary completar 21 anos e, se vocês bem lembram, a administração do cara foi desastrosa e quase mandou a mansão “pro saco”. Se não fosse o dinheiro e as inovações administrativas de Matthew, a série mudaria de nome na temporada passada para “Downton Laje” ou “Puxadinho Abbey”, mas isso não vem ao caso…
Para ser sincero ao roteiro, o episódio começa com partida de O’Malley na calada da noite. A ex-empregada de Downton deixa uma carta justificando que foi contratada pela mãe de Rose (Aquela que se amarrou no penteado que ela fez temporada passada) e não sabia como tratar o assunto com sua senhoria senão assim. A saída dada para a baixa do elenco foi genial e não deixou arestas abertas quanto a personagem. Sua partida deixou os funcionários em polvorosa durante a manhã e Rose, que ainda hospeda-se na mansão, em maus lençóis pela atitude contestável de sua mãe. Envergonhada, ela toma a iniciativa de procurar uma nova funcionária pessoal para Lady Grantham ao deixar um anúncio no correio de um vilarejo próximo. Uma das concorrentes mais qualificadas para a vaga é Edna: Eu facilmente teria passado quem ela é, mas minha namorada lembrou na hora que ela foi a empregada que deu em cima do Tom e foi despedida em seguida na outra temporada. Pelo fato de só Sra. Hughes, Tom e Sr. Carson saberem do fato, ao descobrirem que a piriguete medieval tá pra voltar ao casarão, certa tensão implícita se instaura. Juntos, decidem não revelar a atitude da provável contratada mas redobrar atenções as atitudes da mulher. Será que desta vez ela conseguirá mexer com a cabeça do ex-marido de Sybil?
De resto, vemos Anna e Bates com sintonia melhor impossível, uma parcela obscura (e inesperada) do passada do mordomo Carson e Thomas levando crédito por acidente. Senti que Downton Abbey voltou com um episódio forte (Como era esperado) para anunciar uma temporada determinante. Quem tá comigo?
Anúncios

Um comentário em “[SERIES] DOWNTON ABBEY :: 4×01 – “Episode 1”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s