[SERIES] Série NASHVILLE é cancelada… mas nem tudo está perdido!

É isso mesmo que você leu!

Esta semana, o canal de TV norte americano ABC anunciou o cancelamento de alguns shows de sua grade. Um deles, foi o drama musical Nashville: Em sua atual 4ª temporada, a série que conta as histórias das cantoras country Rayna James e Juliette Barns recebeu a foice do cancelamento, deixando fãs e equipe do show extremamente preocupados, visto que não há um final gravado para a temporada que se encerra 25 de Maio. Além disso, revistas especializadas em seriados anunciaram semanas atrás que esta temporada terminaria com uma “bomba”, justificando a sequência para o ano seguinte do show.

Verdade seja dita: A série amarga audiência decrescente desde seu segundo ano e, mesmo gostando do show e do grande número de participações especiais, eu honestamente acreditava que a emissora manteria a série na grade até ela atingir syndication (uma série atinge este direito de ser exibida em plataformas de streaming após atingir 88 episódios; Curiosamente, Nashville encerrará  trabalhos (até o momento) com 87).

Diante da onda de reclamações online, a Lionsgate (produtora da série) se pronunciou com o seguinte tweet:

Nashville_Lionsgate

Isso significa que talvez a série retorne em outro canal/plataforma para uma temporada de despedida, ao menos. Vale lembrar que isso acontece com frequência e vou usar como exemplo a série The Killing, que foi cancelada em seu canal oficial e teve os direitos comprados pelo Netflix para uma temporada final, para encerrar dignamente o show. Honestamente, acho difícil a série “ser abraçada” devido seu alto custo de produção.

Atualmente, a série é exibida pelo canal ABC (Sony, no Brasil), possui 12 álbuns lançados (com colaborações de Christina Aguilera a Steven Tyler) e grande parte do elenco segue em turnê na América do Norte e Europa.

Anúncios

[SERIES] NASHVILLE :: 3×01 – “That’s Me Without You”

Nashville_Cabeçalho1

Encontros, desencontros e um baby boom.

A terceira temporada de “Nashville” começou no rabicho do season finale, inconclusiva. Comecemos por Rayna e seus dois pedidos de casamento: Após ter a mão pedida em cima do palco por Luke, Deacon chega junto no backstage e também pede a mão da cantora. Até aí, sem novidades… mesmo depois de ver o episódio de retorno! A protagonista opta por escolher Luke mas todo mundo sabe que ela vai terminar com o Deacon e, como a temporada acabou de começar, não faz sentido ela juntar as botas com o guitarrista problemático agora. Pensando estrategicamente, a carreira (Lê-se gravadora) dela tem tudo pra aparecer relevantemente aos olhos do público após a união matrimonial das duas maiores estrelas country da história (É tipo Blake Shelton e Miranda Lambert, para um exemplo real). Fato é que ela tá mais perdida que caixa inexperiente em Black Friday e, provavelmente, meterá os pés pelas mãos com Wheeler.

A história de Juliette sim deu uma mexida: Ainda na fossa por Avery ter descoberto que ela deu pro dono da antiga gravadora, a cantora implora pelo perdão do baixista que, com razão, manda a mina a merda. Ela tem tipo um colapso nervoso após participar de uma audição para interpretar um filme musical sobre a vida da cantora Patsy Cline, onde dá umas tesouradas no cabelo. Até aí old Juliette, mas a bomba chega na última cena: O médico que chega para examiná-la diz não poder receitar medicação forte pelo fato da cantora estar grávida. A dúvida que paira é: Quem é o pai da criança? Avery? O dono da gravadora? O playboy dono das estações de rádio? Enquanto aguardamos, fica aqui registrado que essa saída pra personagem serve como uma luva pra atriz, que realmente engravidou! Barrigão real na telinha nos próximos capítulos.

Aquela viagem da Scarlet com o Avery e o Gunnar colou aí? Porque não colou aqui. A cantora não ter superado a “pane” que deu no palco e por isso decidir voltar para sua terra até faz sentido (Apesar de covarde), mas o Avery decidir ir junto por estar puto com Juliette (E de porre) e Gunnar ir por “não cogitar abrir a porta do carro” foi demais pra qualquer cristão… Ele dizer que a namorada dele levou na boa foi mais descabido ainda (Pra quem não lembra, Zoey era melhor amiga de Scarlet, também ex-namorada de Gunnar). O plot só foi válido pelo tombo do Avery e a fuga do bar, pq de resto ó, uma bosta! No fim, Scarlet decide voltar pra Nashville pois lá está sua família de verdade. As vezes os roteirista do seriado pesam a mão na melação e, honestamente, esta foi uma delas.

Finalizo com uma pergunta: Por que o “casal” Will e Layla ainda está no show? No fim da temporada, o cara esquece completamente que sua casa está cheia de cameras devido ao reality show e abre pra então noiva que é gay. O atual episódio traz uma Layla puta da vida por ter sido enganada e um Will perdidasso! Quando eles decidem encerrar o contrato com a produção do reality, BOO-YA, a produtora saca a declaração de Will e sugere sua publicação caso a dupla fuja ao roteiro do “casal feliz” interpretado até o momento. Sabe o que essa dupla precisa? De uma tragédia a lá “Grey’s Anatomy”, onde a galera simplesmente morre sem mais nem menos e a produção só abate da folha de pagamento. Sinceramente, esse lenga-lenga vai estender e não acho que o  plot rende muito mais, dado a mão que os roteiristas pesam a cada episódio do drama.

OBS: Achei interessante a participação da dupla Florida Georgia Line no show do Bluebird. Não conhecia a música e achei bem foda! O próximo episódio traz a participação de Luke Bryan.

Confira abaixo a promo do segundo episódio de “Nashville”: