[MUSICA] Grammy 2017 :: Altos e baixos

grammy-2017-1170x480

A maior festa da música aconteceu este domingo (13) e veio abastecida da elite POP que movimento o cenário musical a cerca de uma década. Começo essa matéria garantindo que não sou o maior entendedor musical que você encontrará por aí, mas ainda assim quero imprimir minha opinião sobre o que assisti na premiação de 2017 e arriscar o que (acredito) será lembrado nos recaps de edições futuras. LÉSGOU!

TWENTY ONE PILOTS

twenty-one-pilots-inline-74f39b02-c964-417d-bf91-f40f57a62301

ALTO: Indicados pela primeira vez, o duo abocanhou 2 prêmios e subiu ao palco para receber o  troféu de “Melhor Duo ou Grupo” sem as calças!  Além de terem um som animal, com certeza entraram pra história da premiação pela atitude e pelo discurso, no qual afirmaram que a calça no chão funcionava como uma espécie de “pagamento de promessa” feita no ano anterior, quando assistiam ao Grammy em casa e falaram que se ganhassem esse prêmio alguma vez, receberiam exatamente como naquela noite: de cueca. No mínimo, inusitado.

DAVID BOWIE

grammyshow1302zp

ALTO: Desmerecer o álbum “Black Star” é um crime que a premiação não era nem doida de fazer; o reconhecimento veio e coroou (mais ainda) Bowie com 4 gramofones póstumos.

BAIXO: As premiações tem o péssimo hábito de valorizar muitos artistas só depois que eles morrem. A grande válvula pra alguém ser feliz é reconhecimento e, entregar esse tipo de valorização depois acrescenta O QUE pra aquele(a) nego(a)? São muitos os casos de artistas sabatinados durante os últimos atos de sua carreira (Amy Winehouse, Whitney Houston, George Michael, Prince, Michael Jackson, etc) que, depois de bater as botas, viram heróis instantâneos. Torço por uma mudança de mentalidade.

BRUNO MARS

h1kf3hrdx_930x525

ALTO: Que presença de palco esse cara tem! Ao performar o novo single “That’s What I Like”, ele mostrou que tava lá pra (se) divertir enquanto exibia um alcance vocal com o selo Mars de qualidade. Não satisfeito, ele voltou aos holofotes da premiação para tocar o melhor tributo ao Prince que eu assisti desde a morte do performer. E fica aqui um pedido de quem gostou muito de seu último álbum, “24K Magic”: espero “Versace On The Floor” como single (pra ontem)!

KATY PERRY

katy-perry-apresentac3a7c3a3o-grammy-2017-e1486955699506

ALTO: Loira, a doceira do universo POP chegou militante ao apresentar oficialmente o single “Chained To The Rythm”, carro chefe de seu novo álbum (ainda sem título definido). Com uma apresentação que fez clara alusão ao muro que presidente Trump pretende criar na fronteira com o México, a canção veio como crítica ao momento político atual e, apesar de interessante, parece ter saído da campanha política que a cantora fez para a então candidata Hilary Clinton. De qualquer forma, confesso que buguei quando percebi que os o muro “crescendo e caindo” não era eletrônico, mas movimentado por bailarinos. Foi animal!

KEITH URBAN E CARRIE UNDERWOOD

keith-urban-and-carrie-underwood-grammys-show-2017-billboard-1548

BAIXO: Ao lançar o inexpressível dueto “The Fighter”, Keith atribuiu Carrie a função de quase “segunda voz” quando ela, que é dona da porra toda, nem deveria ter topado entrar numa furada dessas… Tinha tudo pra ser um dueto tão bom quanto “Remind Me” (com o top Brad Paisley) se ela não parecesse “escada” pra ele, que não aproveitou a oportunidade em momento algum. É um daqueles lançamentos com cara de flop, amigos.

TRIBUTO AOS BEE GEES

gettyimages-634998488-1486957088-640x427

ALTO: Ao misturar cantores POP e Country, o pout-pourri arriscado deu muito certo! Iniciado por Demi Lovato, a homenagem percorreu os principais sucessos do trio de outrora enquanto animava a platéia instantaneamente (afinal, quem não gosta da trilha dos “Embalos de Sábado a Noite”?).

BAIXO: Apesar de uma versão excelente pra “How Deep Is Your Love”, o quarteto Little Big Town pareceu destoar do outros performers solos. Que eles são competentes, todo mundo sabe mas… a inclusão deles foi necessária mesmo? Poderiam perfeitamente ter acrescentado a Beyoncé pra cantar “Emotions”, sucesso dos caras que ela gravou em seus tempos de Destiny’s Child.

CHANCE THE RAPPER

rs-chance-the-rapper-1371a2ec-2ede-491c-9a8f-0d0487bf493d

ALTO: Confesso que não conhecia o cara (hip hop não é meu forte), mas entendi que ele foi consagrado nesse segmento da premiação e com certeza, endosso a mensagem que ele passou durante sua apresentação musical. De novo referenciando o muro de Trump, as pessoas das mais distintas etnias e naturalidades que atravessaram o muro destruído nessa apresentação respondem pelo marco que essa apresentação já é para a história do Grammy.

THE WEEKND

the-weeknd-daft-punk-grammy-2017-e1486949802941

BAIXO: Como que alguém, com o Daft Punk no palco, tem a capacidade de estragar uma apresentação? O Seleno. De cima do iceberg do Titanic, o The Weeknd apresentou um número chato e sem ritmo que passou completamente despercebido diante dos outros apresentados naquela noite. Poderia, definitivamente, ter sido melhor…

LADY GAGA

grammy-2017-gaga0metallica

ALTO: E num é que ela manda bem no metal também? Até agora, 2017 foi dela.

BAIXO: Porra, o microfone do James não funcionar foi o golpe do Grammy…! Nem sei quanto tempo faz que o Metallica não pisa no palco da premiação e, quando pisa, o microfone do cara tá desligado?? Foi um tremendo vacilo, ele ficou desconcertado na hora e aquela bica que ele deu no final da apresentação foi por toda audiência que também ficou puta com E pelo cara!

BEYONCÉ

img-1041894-grammy-2017

ALTO: Indiscutivelmente, foi a apresentação da noite. Uma das artistas mais competentes da nossa geração, a mãe da Blu Ivy recriou uma Santa Ceia feminina, tombou a cadeira em cima da mesa (se aquela cadeira cai, o mundo pára), se misturou diversas vezes ao telão enquanto vestia uma fantasia “meio Iemanjá com ouro” (honestamente, eu não entendi); se locomoveu no palco com a propriedade e habitual e provou que não precisa pular igual uma desvairada pra chamar a atenção da audiência. Apesar de levar só 2 dois 5 prêmios que concorreu, Beyoncé foi lembrada até nos agradecimentos dos prêmios em que perdeu! de qualquer forma, o álbum “Lemonade” recebeu destaque mas não foi ovacionado como a massa arriscou que seria. Li hoje que a Academia foi acusada de racismo por não premiar a arte da mulher de Jay-Z: Gente, qual é? Não sei se o preconceito racial rolou mesmo, mas o álbum e artista que tirou os gramofones da mão de Beyoncé foi o fenômeno Adele! Ambas são fodas e merecem (até aqui) a visibilidade e reconhecimento por público e crítica que receberam com o passar dos anos. Não sei se o caminho é levantar a bandeira do racismo sempre que um artista, por coincidência negro, não receber o mérito que as pessoas esperam. Eu, por exemplo, torci para as duas na maioria das categorias mas gostei mais do “25”, consciente da obra de arte que a limonada da Beyoncé foi. Questão de gosto; e, em 2017, a Academia “gostou mais” da proposta da britânica que da norte-americana.

BAIXO: Minha única crítica se dá pelo repertório escolhido. A apresentação foi a mais foda da noite mas as músicas foram boring. Dava perfeitamente pra substituir uma daquelas canções por “All Night”.

ADELE

adele_caras_2

ALTO: Grande vencedora da noite, Adele coroou seu “25” com as 5 principais estatuetas da premiação. Não me espantei porque acho o álbum sensacional e ele é um dos meus favoritos nos últimos tempos. Nenhum dos 3 singles lançados floparam e, os mesmo, tiveram um desempenho acima da média globo afora. O foco aqui vai pro lead-single “Hello”, que trouxe a britânica de volta ao jogo: Ela abriu a premiação com ele e depois voltou para uma homenagem póstuma a George Michael. Nela, ela desafinou pelo segundo ano seguido e, diferente da primeira vez, parou a apresentação, se desculpou e pediu para recomeçar pq o cantor não merecia uma homenagem que não fosse 100%. Que mulézão da porra! E que homenagem! Ela estava nervosa pelo vacilo e chorou de raiva depois mas, não teve erro: Adele é uma das artistas mais capacitadas da história da música. Ao subir para receber seus prêmios, teve de tudo: agradecimento ao marido (ninguém sabia que eles tinham casado), corte ao agradecimento de seu produtor-compositor (depois arrumado quando ela subiu para receber um novo prêmio) e talvez uma das coisas mais singelas que já vi em cerca de 20 anos de premiação: ela enalteceu um candidato que perdeu. Não 1, mas 2 vezes! Você conseguia ouvir verdade na declaração dela pra Beyoncé ao afirmar o quanto ela é fã da cantora e como o “Lemonade” já é importante pra história da música, levando a performer as lágrimas. A Adele é única e tem duas das características mais incomuns no mundo do show bizz: humildade e uma dose de realidade tão intensa que, por alguns momentos, conseguimos até pensar que ela “é gente como a gente”.

Anúncios

[MUSICA] KATY PERRY :: Confira a nova canção “Rise”!

katy-perry-rise

A madrugada deste 15 de Julho começou animada no mundo POP: após Britney Spears anunciar o lançamento de seu novo single “Make Me” (clique aqui para ouvir), os fãs montaram guarda no Twitter. Porém o que ninguém esperava é que outra cantora planejava o mesmo, só que de surpresa… Pois foi o que aconteceu: Ao bater meia-noite, Spears cumpriu o prometido enquanto Katy Perry surpreendia o público ao lançar o single “Rise“, sem mais nem menos! Especulou-se nas primeiras horas da madrugada que se tratava do single de um novo álbum, informação depois corrigida ao afirmarem que a faixa se trata do tema oficial das Olimpíadas no Rio de Janeiro. Com isso, fica praticamente certa a presença de Perry no Brasil para o encerramento do evento.

Agora chega de papo: Clique na capa do single aí em cima e confira o novo som de Katy Perry, “Rise”!

Em tempo: o clipe acabou de sair! Confira abaixo:

 

[FILMES] TOP 10: Trailers divulgados no intervalo do Super Bowl 2015!!

A final do Super Bowl chegou e passou! Teve vitória dos Patriots, show da Katy Perry e para algumas pessoas, isso bastou. Mas não para este que vos escreve: Todo ano, milhares de comerciais e trailers estreiam no intervalo comercial da final do campeonato de futebol americano, que é sempre a maior audiência do ano (todo ano)! Alguns anos atrás, fiz um apanhado geral destes comerciais e publiquei pra vocês. Este ano, decidi fazer diferente: Junto com estes comerciais, os principais estúdios de cinema aproveitam a maior audiência do mundo para “dar luz” a suas principais estreias da temporada. Tratam-se de versões reduzidas de trailers, com até 1 minuto de duração. Este ano não foi diferente e, dentre os que saíram, você confere abaixo uma relação bem democrática dos 10 principais trailers exibidos na noite deste 1º de Fevereiro:

1. Minions

2. Furious 7 (Saga Velozes e Furiosos)

3. Ted 2

4. Terminator: Genisys (Saga O Exterminador do Futuro)

5. Pitch Perfect 2 (A Escolha Perfeita 2)

6. Jurassic World (Saga Jurassic Park)

7. The Bob Sponge Movie: Sponge Out Of The Water (Bob Esponja, o Filme)

8. Insurgente (Insurgent)

9. Tomorrowland

10. Kingsman: The Secret Service

[MUSICA] Confira o novo clipe de Katy Perry, “Dark Horse”!

Acaba de ser disponibilizado o clipe de “Dark Horse”, novo single de trabalho e atual sucesso da hitmaker Katy Perry. O clipe acontece num Egito de orgiem duvidosa, com uma Cleópatra dotada de superpoderes e guardas avatares (?) que dançam uma dancinha feia. Mas vale ressaltar que a parada é superprodução e lembra (Em muito) outro sucesso da cantora: “California Girls”. Confira abaixo e tire suas próprias conclusões:

A música “Dark Horse” pode ser encontrada no álbum “PRISM”, de Katy Perry.

[CURIOSIDADES] 17 GIFs de como o Photoshop pode transformar celebridades!

Não é mistério para ninguém que há anos meios de comunicação dos mais diversos tipos utilizam de programas de manipulação de imagem para arrumar medidas físicas do fotografado (Seja aquele “inchaço no estômago” até uma espinha que decidiu dar as caras bem no dia da sessão de fotos). O programa mais utilizado para realização dessas manipulações é o Photoshop, mas programas mais simples (E gratuitos) chovem pelos quatro cantos da rede. Confesso que utilizo o programa em todas as fotos que publico, mas não altero medidas ou coisas “muito drásticas” (Uma espinha a toa não tem vez no meu PS!): Só alterno nuances, incluo filtros e substituo texturas para que a fotografia se destaque. Entretanto, muitas revistas e tabloides estrangeiros exageram a mão e transformam pessoas que posam para suas lentes. Abaixo você vê que a vida não é bem como uma capa de revista ninguém! Confira:

Antes E Depois: 17 GIFs Fascinantes De Photoshop
Antes E Depois: 17 GIFs Fascinantes De Photoshop

[MUSICA] Confira um clipe com 50 músicas internacionais que bombaram em 2012!

O ano está acabando e há quem garanta que o mundo também… Entre apostas e certezas, algo garantido todo fim de ano são aquelas listas de quem subiu e quem sumiu durante o ano. Confesso que pensei em fazer um TOP 10 com músicas que se destacaram em 2012 mas, como vocês podem constatar, alguém foi mais rápido! A seleção tem Maroon 5, Adele, Kelly Clarkson, .fun, Carly Rae Jepsen e muitos outros que tocaram nas rádios mundiais (A relação completa dos artistas do video estão nas tags, no fim do post). Confira abaixo um clipe com as principais músicas que traduze 2012:

[MUSICA] TOP 10 – 1 casal, 2 histórias, 3 anos (E 3 meses)!

Top10 - Diego e Renata

Dia Seis: Seis de Novembro de dois mil e doze, seis de Abril de dois mil e vinte e seis ou seis de de Julho do ano três mil… Não importa o ano ou mês: O dia faz a diferença. Dia seis é o dia que pedi em namoro o amor da minha vida e tenho vivido a maior aventura da minha história ao lado dela. Já presenteei dos mais distintos tipos, gêneros e formatos… Mas post especial é a primeira vez! Pra marcar, decidi que esse post seria um TOP 10 com músicas que marcaram esses quase três anos e meio de namoro e contar um pouco da nossa história a quem passar por aqui. Sejam bem-vindos a história de R&D.

Fallin’ For You” – Colbie Caillat

Uma das faixas mais específicas nossa é essa. Eu, sério como sou, declarei a música pra Rê no meu carro. Com direito a bandolim imaginário e tudo mais! Lembrar desse dia gera risadas involuntárias. Marcou. Vale lembrar que o video, por alguma razão, não está mais disponível no Youtube e só achei esse com imagens do clipe original.

For You” – Johnny Cash (Feat. Dave Matthews Band)

Todo amante de música que se preze conhece o material do Johnny Cash, certo? Pois bem: Esse namoro apresentou e me aproximou deste ícone percursor do rock’n roll mundial. Meu amor adora as músicas do cara e manja tudo do cara… Ou quase: Encontrei por acaso esta faixa que é trilha do filme “Fomos Heróis” e dediquei pra ela. A surpresa foi ela desconhecer. Mais uma na nossa conta!

Teenage Dream” – Katy Perry

Ainda na época do extinto Orkut, um dos primeiros depoimentos que recebi foi a letra desse hit recém-lançado. Com o tempo a música se popularizou, mas devido a esta dedicatória, me sinto parte do “sonho adolescente” do meu amor…

Just A Kiss” – Lady Antebellum

Em dois mil e onze, peguei um freela que me deixou fora da cidade por pouco menos de quatro meses. Esse tempo foi muito conturbado e nosso relacionamento foi testado pela ausência que a distância física causa. Lembro que nas inúmeras horas da saudade, colocava essa faixa pra tocar enquanto repassava nossas fotos. Não sei como, mas me ajudou a segurar melhor a barra e saimos dessa experiência muito mais fortes que antes.

She Will Be Loved” – Maroon 5

Em dois mil e doze, fomos no show dessa que é uma das bandas que temos adoração comum: O Maroon 5. Nunca tínhamos ido num show dos caras e não poderíamos ter ido em melhor hora, já que a banda tinha acabado de lançar o álbum de inéditas “Overexposed”. Minha namorada conseguiu comprar os ingressos na madrugada que começou a vender. Lá, foi um dos melhores momentos que tivemos e marquei o show com a emoção dos olhos do meu amor quando Levine cantou esta canção. Memorável.

Let There Be Love” – Oasis

Como citei anteriormente, costumo dar presentes criativos pra minha namorada. Geralmente, acerto (Aliás, não lembro de ter errado alguma vez). Com dois anos e meio de namoro, gravei um CD com versões acústicas de músicas românticas que gostamos. O negócio ficou “profissa”: Fiz encarte com edições de imagens nossas e criei um texto com os nomes das músicas. Comentei com ela esses dias: Foi um dos presentes de fiz do início ao fim que mais me orgulhei.

Céu Completo” – Strike

Esta foi uma das últimas: Dias atrás, trabalhando, ouvi a banda ao vivo na rádio Jovem Pan FM (SP) tocando hits e apresentando faixas do álbum novo. Não prestei muita atenção até então chegar na faixa “Céu Completo”, que eu nunca tinha ouvido na vida e no meio da música, me vi ligando pra ela e dedicando a música. Não foi pensado ou planejado: Ouvi e agi por impulsão. Coisas que não se entende, mas se sente.

All About Lovin’ You” – Bon Jovi

No ano de dois mil e dez, fomos no show do Bon Jovi. A Rê é fãzona da banda a muito tempo e, apesar dela não falar muito, sei que esse é um dos shows que ela mais esperou na vida pra assistir. Ela estava em outra esfera aquele dia, numa alegria sem tamanho. O show de São Paulo aconteceu um dia antes do aniversário dela e os caras cantaram parabéns para o baterista, se não me engano. Mas pra ela (E pra mim, vai), o parabéns que a banda e o estádio cantou foi pra tiete mais linda da arena: Meu nenê.

Calling You” – Blue October

Poucas pessoas no país começam essa banda. Eu mesmo não conhecia. O Blue October é, talvez, a banda que minha namorada mais gosta e conheci o som dos caras a partir dela. Em meio a tantas faixas boas, a que marcou foi a primeira música dos caras que a Rê dedicou pra mim.

One and Only” – Adele 

Toda vez que entro no site, dou de cara com uma das estrofes mais bonitas que já ouvi numa canção. Soa como um tipo de “oração” acessar a página, olhar pra nossa foto enquanto lembro do refrão de “One and Only”. E que abençoado seja esse amor!

Renata, feliz três anos e três meses de namoro! Sou muito feliz a seu lado, espero que esse sentimento dure pra sempre e nunca vou te abandonar. Seus sorrisos recarregam minhas energias e suas “narigadinhas” são vitais pra mim.

Eu te amo mais que tudo. Tudo.

[MUSICA] TOP 10 – Fatos BROCHANTES sobre musica Pop (Onde o culpado é VOCÊ…)!

1. Creed vendeu mais discos que Jimi Hendrix nos Estados Unidos.Creed has sold more records in the US than Jimi Hendrix

2. Led Zeppelin, REM e o Depeche Mode nunca tiveram um single #1 nas paradas. Já Rihanna tem 10.Led Zeppelin, REM, and Depeche Mode have never had a number one single, Rihanna has 10

O mesmo vale para The Carpenters, Tina Turner e o Radiohead. Triste.

3. O single “Tik Tok” da Ke$ha vendeu mais que QUALQUER SINGLE dos Beatles…Ke$ha's “Tik-Tok” sold more copies than ANY Beatles single

Mais ainda que a Adele ou o fodão Nirvana.

4. A canção “Low” do rapper Flo Rida vendeu 8 milhões de cópias. Mesma marca de “Hey Jude”, dos Beatles…

Flo Rida's “Low” has sold 8 million copies – the same as The Beatles' “Hey Jude”

5. A faixa “I Gotta Feeling” do Black Eyed Peas é mais popular que qualquer música que Elvis tenha gravado.The Black Eyed Peas' “I Gotta Feeling” is more popular than any Elvis or Simon & Garfunkel song

6. O álbum “Falling Into You” da Celine Dion vendeu mais cópias que qualquer álbum do Queen, Nirvana ou Bruce Springsteen.

Celine Dion's “Falling Into You” sold more copies than any Queen, Nirvana, or Bruce Springsteen record

7. E o mesmo serve pro “Come On Over” da Shania Twain…Same with Shania Twain's “Come On Over”

Pra emputecer mais ainda: Vendeu mais que qualquer álbum de estúdio de Whitney Houston ou do lendário Pink Floyd.

8. Katy Perry se igualou a Michael Jackson com a quantidade de singles #1 de um mesmo álbum.Katy Perry holds the same record as Michael Jackson for most number one singles from an album

9. A tiazinha Barbra Streisand vendeu mais álbuns (140 million) que Pearl Jam, Johnny Cash e Tom Petty JUNTOS.

Barbra Streisand has sold more records (140 million) than Pearl Jam, Johnny Cash, and Tom Petty combined

10. Conhece o Billy Ray Cyrus? Aparentemente, 20 milhões de pessoas além de conhecer, compraram seu álbum “Some Gave All…”. Esse é um número que nenhum álbum de Bob Marley alcançou.

People actually bought Billy Ray Cyrus' album “Some Gave All...” 20 million people. More than any Bob Marley album

Pra finalizar:

True story.

[MUSICA] Os melhores covers de ALEX GOOT!

A internet é, de fato, uma das melhores invenções de todos os tempos. Ela aproxima pessoas, quebra barreiras e apresenta uma vasta gama de opções para o que quer que se procure. Melhor ainda é esbarrar em algo legal sem procurar! Navegava por um site musical quando encontrei o álbum “Alex Goot and Friends: Vol 1” e vi que se tratava de um álbum de versões específicas sobre músicas comerciais que tocam sem parar nas rádios mundiais. Sou a favor da manifestação musical e encontrar o material foi uma surpresa tão legal que me motivou a apresentar os videos do cara pra vocês. Segue abaixo alguns covers do fera ALEX GOOT:

One More Night” – Maroon 5

Not Over You” – Gavin DeGraw

How To Save A Life” – The Fray

Wide Awake” – Katy Perry

Call Me Maybe” – Carly Rae Jepsen

Wanted” – Hunter Hayes

Catch My Breath” – Kelly Clarkson

Breakeven” – The Script

[MÚSICA] MTV EMA – Confira os indicados (E minhas apostas)!

O fim de ano está logo aí e a MTV traz ao público a última premiação de 2012 do canal. As campeãs de indicações são Rihanna (6) e Taylor Swift (5) – Definitivamente, já se foi o tempo que Rock’n Roll levava a emissora. Até agora, foram confirmados os shows do Muse,  Taylor Swift e o saudoso No Doubt. A apresentação fica a cargo da ex-modelo e apresentadora Heidi Klum.

Confira abaixo os indicados e em negrito, minha aposta:

Melhor Música

Carly Rae Jepsen – Call Me Maybe
Fun. feat. Janelle Monáe – We Are Young 
Gotye – Somebody That I Used To Know
Pitbull feat. Chris Brown – International Love
Rihanna feat. Calvin Harris – We Found Love

Acredito que a Rihanna leve pelo barulho que “We Found Love” causou, mas minha torcida vai pros caras do fun. .

Melhor performance ao vivo

Green Day
Jay-Z & Kanye West
Lady Gaga
Muse
Taylor Swift

Votei nos caras por ser fã e ter achado a apresentação boa. Mas, com certeza, dá Taylor Swift na cabeça…

Melhor artista Pop

Justin Bieber
Katy Perry
No Doubt
Rihanna
Taylor Swift

Aqui não dá pra arriscar o palpite. Chuto na Perry pelo histórico do último álbum e o filme que teve nas telonas esse ano. Uma dúvida: O que o No Doubt tá fazendo aí no meio?

Artista Revelação

Carly Rae Jepsen
Fun.
Lana Del Rey
One Direction 
Rita Ora

Alguma dúvida quanto a esta categoria? Próxima…

Melhor Cantora

Katy Perry
Nicki Minaj
P!nk
Rihanna
Taylor Swift

Idém “Melhor Artista Pop”. Aqui acho que dá uma das líderes de indicações.

Melhor Cantor

Flo Rida
Jay-Z
Justin Bieber
Kanye West
Pitbull

É uma pena que vocalistas de bandas não concorrem aqui. Voto no Kanye mas algo me diz que as “Biebers” vão representar por aqui.

Melhor Artista de Hip-Hop/R&B

Drake
Jay-Z e Kanye West
Nas
Nicki Minaj
Rick Ross

A realeza do hip-hop tá no páreo! Premiar qualquer outro é fora de cogitação.

Melhor Grupo de Rock

Coldplay
Green Day
Linkin Park
Muse
The Killers

O “UNO!” está ótimo, mas bate de frente com não melhor “Mylo Xyloto” de Chris Martin e sua trupe. Tenho esperanças que o trio leve mas acho que “Paradise” fez o prêmio parar nas mãos do Coldplay.

Clipe do Ano

Katy Perry – Wide Awake
Lady Gaga – Marry The Night
M.I.A. – Bad Girls
Psy – Gangnam Style
Rihanna feat. Calvin Harris – We Found Love

Se eu pudesse votar em nenhum, nem pensava duas vezes! Nenhum desses aí marcou e, a quarta opção então… PUTA QUE PARIU!! Sei que isso não conta nessa premiação, mas “Wide Awake” teve boa produção e um resultado final muito legal, a lá Once Upon A Time. Se a Rihanna levar, não causará espanto.

Melhor Artista/Grupo Alternativo

Artic Monkeys
The Black Keys
Florence + The Machine
Jack White
Lana Del Rey

Categoria barra também, mas acho que a Florence Welch leva a esse pra casa pela quantidade de hits emplacados pelo último álbum (“Shake It Out”, “Never Let Me Go”, “Spectrum” e “Cosmic Love”) e pela inclusão de “Breathe Of Life” na trilha sonora do longa “Branca de Neve e o Caçador”. Torço por todos na real MENOS pra Lana Del Rivotril. BUT GO FLORENCE!

Melhor performance mundial

Arcade Fire
Artic Monkeys
B.O.B
Evanescence
Flo Rida
Jason Deluro
Joe Jonas
Justin Bieber
Kasabian
Ke$ha
LFMAO
Maroon 5
Nelly Furtado
Red Hot Chilli Peppers
Sean Paul
Snoop Dog
Snow Patrol
Taylor Swift

Até no show dos caras eu fui… É #TeamAdam na cabeça!

Melhor Look

A$AP Rocky
Jack White
Nicki Minaj
Rihanna
Taylor Swift

Não sei no que votar aqui então pensei no apelo público. Vamos ver.

Melhor Artista Eletrônico

Avicci
Calvin Harris
David Guetta
Skrillex
Swedish House Mafia

Pela quantidade de singles que o cara lançou nos últimos anos, acho difícil não ganhar. A única ameça “aparente” é o Calvin Harris, que se levar o prêmio será pela “We Found Love”.

Melhor Artista ”Push”

Carly Rae Jepsen
Conor Maynard
Foster The People
Fun.
Gotye
Lana Del Rey
Mac Miller
Michael Kiwanuka
Of Monsters And Men
Rebecca Ferguson
Rita Ora

Eu entendi que “Push” é artista novo (Tá certo?) e, assim, voto no trio indie. Os clipes dos caras são criativos e o álbum é bem bacana! Entretanto, acho que quem leva é a Carly Rae com o hit instantaneo “Call Me Maybe”.

Maiores Fãs

Justin Bieber
Katy Perry
Lady Gaga
One Direction
Rihanna

Provavelmente os “little monsters” representem a artista nesta categoria. Acredito que os únicos fãs que podem tirar a estatueta da cantora são os da boyband “One Direction”.

Categoria Global (América Latina)

Axel
Don Tetto
Panda
Restart

Entre os artistas que concorreram (Torci pelo “Agridoce”), o “Restart” ser nominado é mais uma prova de que o público pouco se importa com a música atual. Os caras tem música ruim, letras ruim e o visual ruim: A única coisa que tem de bom são seus fãs, esses mais perdidos que a criação da própria categoria NESTA premiação (Por que premiar a América Latina num evento EUROPEU??). Se o que realmente valesse fosse “a música”, veríamos a Pitty on demand. Não rolou.

O MTV European Music Awards (EMA) será exibido ao vivo dia 11 de Novembro de 2012.

E aí, suas apostas bateram com as minhas?